NOVIDADES

20 ANOS DEPOIS: UM PADRE NA CASA DO REALITY “BIG BROTHER”

Quase, quase participei da primeira edição do “Big Brother Brasil“. Em 2002, Cheguei a ir para o Rio de Janeiro e passei a última semana antes da estréia com os confinados do programa no hotel, a zona sul. Escrevi um livro sobre o assunto que foi lançado no ano seguinte à essa aventura: “BBB: traições à espiritualidade do cotidiano nos reality shows“. Por que não participei? Porque o Boninho não quis. Eu participaria, sem nenhum problema. É bom lembrar que se tratava da primeira edição do programa e que ninguém sabia direito o que aquilo significava, naquele momento. Eu queria, na verdade, aproveitar o tempo que teria livre para escrever um outro livro com o qual sonhei: “A alma do dia“, que escrevi mais tarde.

Agora falam de um padre italiano, Alberto Ravagnani, um salesiano que faz sucesso como youtuber, que iria participar da próxima temporada do realty na Itália. O padre já desmentiu. Disse que não participou dos testes, mas que se participasse, “ganharia” o programa com toda facilidade. Mas, prefere dedicar as relações verdadeiras e significativas que têm sob a sua responsabilidade e que tem lugar especial em seu coração em sua paróquia, no Oratório, na comunidade e com seus estudantes.

O portal “Aleteia”, que tem versão em português, traz a “ficha de Don Ravagnani”, em italiano: “26 anos, padre desde 2018, da paróquia de San Michele Arcangelo em Busto Arsizio (Varese). ele pensou em ir ao Youtube para explicar alguns aspectos da fé com vídeos curtos e cativantes. Resultado: um sucesso de público. Trinta mil visualizações, em média, para cada vídeo. Quase quinhentos mil visualizações num que ele explica o que é “rezar”. É chamado de ‘youtuber di Dio'”.

(Foto do jornal “Avvenire”)