NOVIDADES

LAURENT BINET: “COM OS INCAS, TERÍAMOS PROTEÇÃO SOCIAL HÁ SÉCULOS”

Matéria interessante sobre como o mundo seria se tivéssemos tomado outros rumos. O novo livro de Laurent Binet. O texto está no El Pais Brasil.

 

“Os povos ameríndios não tiveram três coisas para resistir aos conquistadores: o cavalo, o aço e os anticorpos. A conhecida tese de Jared Diamond, o geógrafo e antropólogo que teorizou por que algumas sociedades perduram e outras desaparecem, é o fundamento do novo livro ainda inédito no Brasil de Laurent Binet (Paris, 1972), autor que conquistou merecido espaço na literatura francesa com dois livros tão diferentes como HHhH (Companhia das Letras), investigação sobre o assassinato do oficial nazista Reinhard Heydrich, e A Sétima Função da Linguagem (Quetzal), intriga policial sobre a morte de Roland Barthes. Em seu terceiro romance, Civilizações, Binet planteia uma ucronia ou história alternativa, forma narrativa recorrente na atualidade, para imaginar o que teria acontecido se os nativos americanos tivessem contado com esses três elementos decisivos. O livro imagina que Atahualpa, o último imperador inca, nunca foi capturado pelos espanhóis e executado no garrote vil. Conseguiu fugir à Europa, onde desembarcou em Lisboa em 1531, antes de conquistar a Espanha e o restante da Europa, que acabaria transformando em um paraíso de tolerância religiosa e justiça social“.

Continue lendo:
https://brasil.elpais.com/cultura/2020-09-05/laurent-binet-com-os-incas-teriamos-protecao-social-ha-seculos.html

Foto do jornal